Início » Gestão do Conhecimento » A Empresa Criativa

A Empresa Criativa

Atualmente, uma das principais preocupações das empresas é a inovação, a criatividade. A criatividade pode ser oriunda de pessoas e de grupos. Ou seja, individual e/ou coletiva. Nesse caso, toda empresa precisa de pessoas criativas, mas também pode conseguir ser criativa por meio do trabalho em equipe.Tornar uma empresa criativa é um desafio e tanto. Mas, como fazer isso?

             Como primeira condição, tem-se que reunir em equipe pessoas com tremenda capacidade de abstração, aqueles que vivem “no mundo da lua”, com pessoas que são mais pragmáticas, racionais. As primeiras quebram os paradigmas, fogem dos modelos existentes, o que permite repensar tudo que se faz no presente e buscar novas soluções; estas pessoas muitas vezes são pouco práticas e não conseguem transformar idéias em produtos, processos e serviços. O segundo tipo de pessoas consegue ver melhor os problemas na implementação das idéias, conseguem pensar na viabilidade comercial, são ótimas para a ação e podem ajudar em transformar uma idéia lunática em uma fantástica fonte de lucros.

            A segunda condição é a presença de um ambiente propício para que a criatividade possa surgir. É necessário combater a burocracia, a idéia do “time que está ganhando não se mexe”. Na China da Dinastia Ming, quando um filho sobressaía ao pai em qualquer coisa, era condenado à morte. Assim também é dentro de muitas empresas, nas quais inovar, ser criativo, é ser condenado à morte. Dessa forma, tem-se que combater o conformismo, a burocracia estúpida e letárgica, que engessa a empresa e impede que os grupos criativos respirem e trabalhem.

            A terceira condição, e das mais importantes, é a presença de uma liderança carismática, que una, que dê o sopro da vida. Essa liderança tem como papel inspirar, ajudar a quebrar as barreiras, conseguir o financiamento para os projetos, desenvolver apoio político; e também tem como função estabelecer os objetivos, determinar o foco, dar o ritmo para os grupos criativos.

            Como vocês podem ver, tornar uma empresa criativa não é fácil, mas é possível. Basta coragem para criar as condições. Em longo prazo, é a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: