Início » Marketing » Negócios online

Negócios online

Depois da explosão da bolha das empresas Pontocom, muita gente achou que era o fracasso do modelo de comércio eletrônico. Entretanto, com o tempo, o que ficou claro é que o experimentalismo deu lugar a projetos mais concretos. Baseados na mera expectativa que de uma hora para outra todos os negócios fossem se tornar virtuais, as empresas aprenderam que as mudanças vão acontecer, mas não tão rápido quanto se pensava. Nem do jeito que se esperava.

Dessa forma, o comércio eletrônico continua crescendo, mas as empresas de tijolos ainda continuam a fazer sucesso, porque nem tudo pode ser feito exclusivamente pela internet. Um motivo é que, em alguns tipos de negócios, as pessoas ainda mantêm comportamentos tradicionais, apesar de utilizarem a internet para realizarem parte do processo de compra. É o caso, por exemplo, da venda de imóveis, em que os potenciais compradores podem visualizar as opções por meio de fotos, verem o interior da casa e, se gostarem, marcam uma visita ao local mandando um e-mail para o corretor.

As empresas, portanto, perceberam que não existe um único modo de usar a internet para realizar negócios. Algumas realizam toda a transação on-line, como é o caso do site Submarino. Outras usam a internet para atrair potenciais compradores, que irão realizar a transação pessoalmente. É o caso das imobiliárias. Outras, ainda, usam a internet para melhorar o relacionamento com os seus clientes, como fazem algumas instituições de ensino, transportadoras, bancos etc.

O certo é que o comércio eletrônico evoluiu, mesmo depois da crise de credibilidade que sofreu e, mesmo os mais incrédulos se rendem para as facilidades de comprar e vender on-line. Não é à toa que cresce paulatinamente a quantidade de livros vendidos pela internet, e que chega cada vez mais perto das vendas em lojas.

O crescimento das transações realizadas com cartão de crédito pela internet também é um claro indicador de que o consumidor está quebrando a barreira do medo e da falta de prática com o uso da tecnologia.

O comércio eletrônico parecia ser a nova revolução dos negócios. Hoje, sabemos que pode não ser uma revolução, mas possui impacto profundo e significativo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: