Início » Gestão e Liderança » Esqueça as palestras

Esqueça as palestras

Estou cansado de “lorota” quando se fala em motivação. E não tem maior lorota do que palestra de motivação. Tem tanta gente realizando palestra de motivação que deveríamos viver num paraíso cercado por gente sorridente e que trabalha contente.

 Observe dentro da empresa em que trabalha, veja quem realmente continua motivado depois destas palestras. Arriscaria dizer que o efeito dura, no máximo, até a manhã do dia seguinte.

O que acontece dentro da empresa quando não se está assistindo a estas palestras é mais importante que a palestra em si. Um ambiente de trabalho ruim acaba com qualquer tesão para trabalhar. O chefe não reconhecer o seu trabalho é “brochante”. Os gestores esquecem de corrigir o que desmotiva dentro da empresa e contratam palestrantes como quem está comprando um remédio.

Por outro lado, cada pessoa tem a sua própria reserva de motivação. Algumas pessoas, simplesmente – por motivos íntimos – são mais motivadas, mesmo em condições adversas. Sentem-se mais realizadas e identificam-se com o que fazem, possuem iniciativa. Acordam de manhã mais dispostas e têm menos cansaço ao fim do dia. Não trabalham somente por dinheiro, mesmo que o dinheiro seja um prêmio a ser perseguido. É a satisfação interior que as motiva realmente.

Em certa ocasião, um executivo de multinacional viu Madre Tereza de Calcutá cuidando das feridas de um leproso, e disse a ela: “Madre, não faria isso por dinheiro nenhum no mundo”. “Eu também não”, ela retrucou. Essas pessoas, automotivadas, correspondem a 5% da população apenas. Por isso, tanta gente precisa ser motivada.

Somos motivados pelo medo ou perspectiva de um benefício. Um ex-presidente de empresa disse que sempre teve medo de não conseguir sustentar sua família. Isso o motivou a ganhar dinheiro. Freud teve como motivação o desejo de mostrar ao pai que não seria um “zé ninguém”, como ele dizia ao filho.

Por isso eu digo que palestras de motivação pouco funcionam. E quando funcionam, servem para um pequeno número de pessoas, que de algum modo são mais receptivas.

Se você quer que todo mundo esteja motivado na sua empresa, não contrate um palestrante, seu efeito dura pouco (quando ocorre). Ao invés disso, faça o mais correto: propicie condições para as pessoas estarem motivadas. E, ao mesmo tempo, contrate pessoas que já tenham uma boa dose de motivação. Gente que não precisa de uma tapinha nas costas todo dia para fazer bem o seu trabalho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: