Início » Gestão e Liderança » Escolha seu chefe

Escolha seu chefe

O Barão de Mauá, primeiro grande empreendedor brasileiro, ainda aprendiz de comerciante, teve um importante mestre: Carruthers, comerciante inglês extremamente inteligente e hábil nos negócios, que lhe ensinou os segredos do comércio e das finanças.

            Da mesma forma, Thomas Watson, fundador da IBM, uma lenda como homem de vendas, aprendeu a vender com um outro grande profissional, para o qual trabalhou: chamava-se John Patterson. Foi com ele que Watson aprendeu tudo que sabia sobre vender.

            Esses dois exemplos ilustram como é importante a presença de um mentor em nossa carreira profissional. É comum encontrarmos, na biografia de grandes homens, alguém que exerceu esse papel. Normalmente esse mentor é alguém a quem se é subordinado, ou que se segue pela admiração e o desejo de aprender.

Por isso, temos que escolher a quem seguir, principalmente quem será nosso chefe. Quando digo isso geralmente as pessoas reagem com descrença, porque acreditam que não têm como escolher. Eu discordo disso, pois já abri mão de um emprego aparentemente melhor, para trabalhar em outra empresa na qual teria um chefe brilhante.

Todo profissional, principalmente em início de carreira, deve buscar trabalhar com alguém que possa lhe ensinar muito, que seja seu mentor. Ao mesmo tempo, deve fugir de chefes medíocres, inseguros e que não têm muito que ensinar. Porém é comum encontrar pessoas que preferem o tipo do chefe bonzinho, que não cobra, com o qual se sentem “confortáveis”, que não exige o melhor de si e dos outros. Escolhem o caminho mais fácil. Essas pessoas não vão muito longe.

Um chefe que pode exercer o papel de mentor é decisivo para o sucesso de alguém. Esse chefe indica os caminhos, mostra em que deve melhorar, em que está errando, o que deve aprender. Ao mesmo tempo em que transmite seu próprio conhecimento e experiência, mostra o que você tem que aprender por conta própria. Ele faz você ultrapassar seus limites e confia mais em você do que você mesmo. Não raro é duro e fala o que você nem sempre quer ouvir, mas que é verdade.

Se você realmente quer crescer, como profissional e como pessoa, escolha seu chefe. Não aceite ser chefiado por quem não tem nada a lhe ensinar, pois esse tipo de chefe só vai lhe transferir sua própria incompetência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: